As novas regras do Java estão gerando dúvidas nos gestores de TI de muitas empresas. Afinal, o software da Oracle é essencial para que muitas aplicações funcionem nas companhias.

O Java é a linguagem de programação mais usada no mundo. A Oracle estima que seja executado em mais de 3 bilhões de dispositivos. Publicada em meados de 1995, teve um crescimento exponencial a partir de 1996, quando a própria Sun Microsystems criou o JDK para os desenvolvedores e, à partir disso, a linguagem se tornou popular entre os mesmos. Por ser uma linguagem independente de plataforma, permite executar a mesma aplicação em diferentes arquiteturas.

Quase todas as empresas têm ao menos uma aplicação que requer o uso do Java em seu ambiente, dito isso, sabemos que é remota a possibilidade que não exista ao menos uma instalação Java na sua empresa.

Estar com o Java atualizado e conhecer as novas regras é importante para que as empresas possam sempre usar o software da melhor forma possível. Acompanhe, a seguir, algumas informações importantes sobre o assunto!

Quais são as principais mudanças para o uso do Java?

A mudança de licenciamento do Java ocorreu em meados de 2018, causando muita polêmica entre os profissionais de TI. Tais alterações têm uma explicação simples: há alguns anos, a Oracle comprou a Sun, empresa que, até então, era detentora dos direitos do Java, e continuou publicando o programa gratuitamente.

No entanto, para que fossem feitas atualizações recorrentes do produto e fosse oferecido um suporte maior aos usuários, a empresa resolveu fazer essa alteração no licenciamento.

Assim, a Oracle tem implantado melhorias a cada seis meses, lançando novas funcionalidades. O primeiro desses releases foi publicado em abril de 2019 e o segundo tem previsão para outubro do mesmo ano. Essa prática deve seguir sendo realizada até o final de 2020.

A maior polêmica em relação às novas regras do Java é o boato de que todas as versões do software seriam pagas. Essa conversa começou a rodar os fóruns de TI da internet quando a Oracle comprou a Sun.

Como falado, depois que essa compra foi efetivada, o software seguiu sendo distribuído gratuitamente por um tempo. No entanto, logo percebeu-se que ele demandava custos, e esses valores precisavam ser repassados aos usuários para que não houvesse prejuízo.

Dessa forma, o objetivo da cobrança é fazer com que mais atualizações sejam realizadas no produto, bem como prestar um suporte mais eficiente para os usuários.

No entanto, não há motivo para pânico! A versão free do Java continuará existindo, porém, com recursos mais limitados. As versões chamadas de LTS (Long Term Support), serão pagas, assim como as versões superiores a 11. Mas ninguém é obrigado a adquiri-la, embora ela seja bastante vantajosa, como falaremos mais adiante.

Quais são as novas regras do Java para cada versão do software?

Para que você entenda as novas regras do Java, listamos as principais alterações em cada uma de suas versões. Confira!

Java SE

O Java SE (Standard Edition), a partir de agora, inclui os seguintes serviços:

  • JDK: Java Developer’s Kit, conjunto de ferramentas para desenvolvimento;
  • JRE: Java Runtime Environment, ambiente de interpretação e execução.

Java OPEN JDK

O Java OPEN JDK é a versão free, ou seja, que não é necessário pagar para utilizar. Para usar o programa gratuito, no entanto, é preciso fazer atualizações sempre que uma nova versão for lançada.

Caso não sejam feitas as atualizações, não serão mais feitas correções de bugs e nem instaladas novas funcionalidades que forem lançadas no programa.

Java LTS

O Java LTS é a versão que você paga para ter um longo período de serviço sem precisar atualizar a plataforma. Ela é ideal para empresas de grande porte e que não desejam ficar atualizando o programa a cada seis meses, quando um novo pacote de mudanças é implementado.

Qual é o calendário de atualizações?

Novas atualizações no Java são feitas pelo menos uma vez a cada seis meses. A mais recente modificação foi feita no mês de julho de 2019.

Há uma previsão para que em 16 de outubro de 2019 novas mudanças sejam feitas no patch de segurança do programa.

O que acontece se a renovação não for feita?

É importante ressaltar que a empresa precisa estar de acordo com as Regras de Utilização de Software estabelecidas pelo Fabricante, neste caso a Oracle, pois sempre que um software é instalado concordamos com os termos apresentados antes de prosseguir com a instalação. Com o Java não é diferente.

Para as novas versões, a Oracle criou um termo diferente informando que as instalações do Java para uso comercial passam a ser cobradas. Sendo assim é necessário entender qual a necessidade de ter o Java instalado na sua empresa.

Caso uma empresa opte por não adquirir a Assinatura do Java, não terá direitos à correção de bugs ou atualizações de segurança. Lembrando que existe a possibilidade da Oracle realizar auditorias em clientes com potencial uso de Java e, se isso vier a ocorrer, há o risco de as empresas terem um GAP em relação ao uso das licenças e será necessário adquirir a Assinatura do Java SE com a Oracle no futuro.

Como saber se adquirir a assinatura é interessante para a minha empresa?

É interessante que as empresas adquiram um serviço de Java Advisory em seu ambiente. Nesse tipo de trabalho, é feita uma análise para entender onde estão os riscos, tanto do ambiente de servidores quanto de desktops. A ideia é que você tenha um relatório claro sobre a situação atual do uso de Java na sua empresa.

Essa consultoria traz mais clareza na tomada de decisão entre migrar para o Open JDK ou adquirir uma Assinatura Java SE.

Dessa maneira, é preciso ter uma visão profissional de especialistas sobre o assunto e analisar o risco financeiro e operacional de usar um Java desatualizado.

Em resumo, deve ser feito um estudo e um mapeamento detalhado da sua empresa para que se observe a realidade em que ela está inserida e a forma como utiliza o software.

A SoftwareONE é uma empresa que conta com especialistas em licenciamento e tecnologia, que pode prestar esse serviço para o seu negócio. Trata-se de um time global de profissionais que têm a expertise necessária para avaliar e indicar os caminhos que a sua empresa deve seguir.

Fazemos um kickoff antes de dar start no seu projeto, avaliando todas as formas de uso do sistema da Oracle. Assim, você terá a certeza de que estará cumprindo as novas regras do Java e que não terá problemas com licenciamentos e falta de atualizações.

Gostou dessa ideia? Então, entre em contato conosco agora mesmo! Teremos satisfação em contribuir com o sucesso da área de TI do seu negócio.

The post Entenda TUDO sobre as novas regras do Java aqui appeared first on .


Fonte: softwareone.com/feed

Comentários