Como assumir o controle de seu ambiente de nuvem e reduzir os custos?

De acordo com uma pesquisa recente do Gartner, 20% do orçamento de TI agora está sendo gasto em serviços baseados na nuvem. Uma tendência ascendente que está sendo impulsionada por cada vez mais organizações, é o movimento de workloads para a nuvem e aumento da adoção de aplicações SaaS.

Muitas organizações com que conversamos estão experimentando um gasto excessivo de nuvem devido a uma falta de visibilidade e monitoramento em provedores de nuvem simples e múltiplos. Essa expansão e gasto está sendo exacerbado pela “Shadow IT” devido a compras com provedores de nuvem não detectadas ou não autorizadas.

Assim, quão grande é este problema e como você endereça-lo? Existem alguns pontos de atenção:

  • Os desafios de monitoramento de uso e gasto de IaaS, PaaS e SaaS
  • A desconexão das necessidades de negócio entre TI, áreas de negócio e C-level
  • Visibilidade e controle da sua propriedade de nuvem
  • Capacidades de gestão de gasto de nuvem de IaaS e PaaS
  • Melhor governança de prática para gestão de orçamento e estorno

Como as organizações se movem do local para a nuvem, existem grandes responsabilidades de quem gerencia os riscos de gasto excessivo e mudanças de conformidade. O risco de conformidade de gasto de software on-premises já é alto e as auditorias são prevalentes, mas o risco de gasto excessivo é médio. Onde existem investimentos em IaaS, PaaS e SaaS, esse risco aumenta consideravelmente.

Como você pode ver na Figura 1 abaixo, 30% de todo o gasto de nuvem está no espaço de infraestrutura e o risco de gasto excessivo realmente se multiplica quando se move para a nuvem; e as contas de SaaS são de 59% dos gastos com nuvem.

Numa pesquisa de nuvem recente que fizemos com tomadores de decisão de TI, 43% declarou que sua maior preocupação sobre usar a nuvem eram os altos custos. A pesquisa também descobriu que houve uma desconexão entre o que os Gerentes de TI acreditavam ser seu orçamento de TI e a porcentagem dedicada para serviços de nuvem e todo orçamento de que o C-level tem visibilidade, como algum gasto de nuvem fora do controle de TI (aí está o tal Shadow IT novamente).

É muito importante para as organizações entenderem completamente o que está sendo gasto e ter a visibilidade sobre quem está usando os recursos de nuvem no negócio e o mais importante, ganhar controle de seu ambiente de nuvem para eliminar esse gasto excessivo.

PyraCloud da SoftwareONE é uma plataforma que pode fornecer transparência e visibilidade sobre quais ativos de software você tem – não apenas na sua infraestrutura, mas também seu gasto – se é uma assinatura, infraestrutura ou plataforma. Veja na Figura 2 como o módulo de Gestão de Nuvem do PyraCloud pode ajudá-lo a entender seus recursos e otimizar seu gasto.

Os usuários podem alavancar o PyraCloud para entender quais recursos eles têm (contas de armazenamento, instâncias reservadas, interação, etc.) e também podem usar o PyraCloud para ajudá-los a gerenciar a posição de Licença de Benefícios de Uso do Azure Hybrid.

Além disso, pode ser usado para ajudar os usuários a implantarem uma metodologia de marcação consistente em vários ambientes de nuvem de uma vez para aplicar governança e entender quais departamentos, geografias, projetos, etc. estão usando recursos de modo que você pode começar a alocar o gasto de nuvem na sua organização. Os usuários podem definir orçamentos e rastrear o uso e o gasto. O PyraCloud também permite configurar estornos para faturar o grupo interno relevante, o departamento ou projetos para os recursos de nuvem usados.

O módulo de Análise de Consumo do PyraCloud fornece detalhe granular sobre quem está consumindo o que na organização de modo que é fácil rastrear o gasto versus o orçamento e assumir de volta o controle do gasto de nuvem no seu ambiente multi-nuvem.

The post GESTÃO DE ATIVOS DE SOFTWARE TEM SIDO A SUA DOR DE CABEÇA? appeared first on Blog SoftwareONE Brasil.


Fonte: softwareone.com/feed

Compartilha aí!!

Comentários