IBM finaliza o suporte de licenciamento de sub-capacidade e ILMT para o Windows Server 2008

Em 14 de janeiro de 2020, a Microsoft finalizou oficialmente o suporte para o Windows Server 2008 e o Windows Server 2008 R2. Ambos sistemas operacionais foram essenciais para operar redes corporativas e conexões, bases de dados e aplicações. Ao mesmo tempo que foi muito útil durante o seu tempo de vida, o fim do suporte do Windows Server 2008 apresenta alguns desafios. Estes servidores estão profundamente enraizados em muitas organizações e podem executar aplicações críticas de negócio que não são suportadas por versões subsequentes ao Windows Server 2008.

Ao invés de atualizar, algumas organizações optaram por pagar pelo suporte estendido. Esta era uma opção perfeitamente viável para muitos – até recentemente, quando a IBM anunciou que o Windows Server 2008 e 2008 R2 não mais estariam elegíveis para licenciamento PVU em subcapacidade e não mais serão suportados por sua IBM License Metric Tool (ILMT).

Felizmente, as organizações têm algum tempo para se preparar – esta mudança não ocorrerá até o fim do 3° Trimestre de 2020. Todavia, se você ainda está operando com o Windows Server 2008 em uma estrutura de licenciamento de subcapacidade, você deve agir rápido. O final do suporte da IBM para a ILMT e o licenciamento de subcapacidade tem ambas implicações financeiras e operacionais para todas as organizações que confiam nos softwares IBM licenciados por PVU. Vamos dar uma olhada em como esta mudança afetará as organizações.

O que o fim do suporte significa para os Clientes da IBM

No geral, o fim do suporte ao Windows Server pela IBM para a ILMT e ao licenciamento de subcapacidade, como um todo, apresentará muitos desafios. Se você quer estar totalmente preparado para esta mudança, então é importante começar a construir um roadmap hoje. Este roadmap indicará alguns aspectos desafiadores do fim do suporte da IBM para serviços associados com o Windows Server 2008 e o ajudará a certificar que tenha tempo e recursos suficientes para planejar suas próximas etapas.

Como uma observação – se você não está pagando por atualizações de segurança estendida para o Windows Server 2008, então todo seu servidor está em perigo. Ainda que o suporte estendido seja caro, um ataque cibernético seria desastroso para sua empresa. Se você quer evitar o pagamento de suporte estendido, então é importante atualizar assim que possível. Se você ainda está pagando por suporte estendido, tenha as seguintes considerações em mente enquanto planeja suas próximas etapas.

Suporte descontinuado para a ILMT

A ILMT ajuda os usuários a determinarem seus requisitos de licenciamento, isso é, calculando quantas Processor Value Units (PVUs) são necessárias. Isto ajuda organizações a estimarem custos e manterem um inventário atualizado de seus ativos de software. Também auxilia com redução de custos e é obrigatória para ficar em conformidade contratual com a IBM.

Todavia, para servidores operando o Windows Server 2008 ou 2008 R2, este serviço não será mais suportado. Provavelmente eles ainda funcionarão por algum tempo e continuarão a contar suas licenças em subcapacidade e avaliarão sua propriedade de software. Todavia, a IBM deixou bem claro que não haverá suporte técnico ou correções se um erro ocorrer. Isto pode causar um cálculo equivocado (para mais ou para menos) de seus ativos de software, o que pode tornar a cobrança e orçamento uma dor de cabeça.

Sem mais elegibilidade para o licenciamento de sub-capacidade

As licenças de subcapacidade permitem as organizações a licenciarem um software IBM em PVU pagando somente pelo uso dos cores em ambiente virtualizado, gerando economias consideráveis. Isto é diferente de licenciamento de capacidade total, que requer licenciar todos os cores físicos do servidor. Consequentemente, as licenças de capacidade total são significativamente mais caras.

Se você está usando licenças de subcapacidades para sua implantação no Windows Server 2008, você tem até 30/09/2020 para concluir seu plano de aposentadoria ou atualização. Qualquer organização que ignore esta precaução receberá algumas más notícias em auditorias futuras – todo o seu uso será calculado considerando a capacidade total. Isto resultará em não conformidade e despesas significantes na sua conta.

Se você precisa continuar a operar o Windows Server 2008 ou 2008 R2, há outras opções. A IBM está querendo oferecer licenciamento de subcapacidade estendida caso a caso para organizações que pagarem por suporte estendido do Windows Server 2008. Todavia, isto não é uma garantia – e eles podem retirar o suporte a qualquer momento no futuro. Adicionalmente, isto pode fazer de sua organização um alvo de auditoria – assim, certifique-se de que todos os serviços da IBM e Microsoft estejam totalmente em conformidade antes de se inscrever para suporte estendido.

Como a SoftwareONE ajuda com este fim de suporte

É difícil quando chega o fim de suporte para qualquer produto, especialmente para um serviço essencial como o Windows Server 2008 ou 2008 R2. Esses desafios são compostos por outros fornecedores seguindo o exemplo e recusando suportar produtos legado, assim como preocupações de conformidade contínuas para aqueles que obtém suporte através da IBM ou Microsoft. Felizmente, a ajuda está disponível para aqueles que precisam. Na SoftwareONE, podemos oferecer assistência de várias maneiras:

  • Avaliação de risco – Iremos conduzir uma avaliação de risco, e compartilhar os resultados com membros escolhidos da sua organização. Em seguida, podemos começar a discutir a melhor maneira de eliminar o risco.
  • Mantendo conformidade – Quando o fim de suporte chega para qualquer produto, pode ter um efeito dominó na conformidade de softwares IBM. Nós o ajudaremos a determinar se uma atualização de software está em vigor ou se é melhor pagar por suporte estendido. Se uma migração para a nuvem for preferível, temos especialistas prontos para ajudar.
  • Despesas estimadas – Se você não pode atualizar o Windows Server 2008 ou 2008 R2, e não está elegível para licenciamento de sub-capacidade estendida através da IBM, podemos ajudar. Iremos avaliar sua implantação, identificar lacunas de licença e estimar todo o impacto financeiro das licenças de capacidade total bem antes da conta chegar.
  • Aconselhamento de especialistas – Simplesmente levante a mão e indicaremos um especialista em Serviços de Advisory da IBM, que pode ajudá-lo a encontrar a melhor maneira de gerenciar esta mudança. Consideraremos os riscos, impacto financeiro e personalizaremos um plano que irá ajudar sua organização a ter uma transição tranquila.

Estamos preparados para oferecer uma gama ampla de serviços de advisory para clientes da IBM sempre que nossos serviços forem necessários. Todavia, incentivamos fortemente que você comece o processo de planejamento hoje, independentemente se é conosco ou dentro da sua organização. Seu negócio precisará encontrar a melhor maneira de atualizar, aposentar, substituir, e/ou migrar todos os sistemas operando no Windows Server 2008 R2 em menos de um ano – o que não é uma tarefa simples.

 Considerações finais

O suporte final da IBM para a ILMT e ao licenciamento em subcapacidade deixará algumas organizações desorientadas. Principalmente quando se tem apenas seis meses ou menos para planejar e executar a estratégia de migração correta. Todavia, ao obter a ajuda dos especialistas certos, sua organização criará uma estratégia de alto valor agregado e dentro das regras de conformidade para implementação destas mudanças.

Prepare-se para o fim de suporte

Nossos Serviços de advisory da IBM fornecem às organizações ideias sobre otimização de custo e conformidade. Estamos preparados para trabalhar para você!

The post IBM finaliza o suporte de licenciamento de sub-capacidade e ILMT para o Windows Server 2008 appeared first on .


Fonte: softwareone.com/feed

Comentários